Radio Habana Cuba

Una voz de amistad que recorre el mundo

  • Español
  • English
  • Português
  • Esperanto
  • العربية
  • Français
  • Italiano
  • Síguenos en
  • Radio Habana Cuba en Facebook
  • Radio Habana Cuba en Twitter
  • Radio Habana Cuba en Youtube
  • Canal RSS principal
  • Enviar mensaje

#24HorasComunicando

Energia eólica: esperança para o mundo

Grandes investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica respaldam os avanços no aproveitamento da energia eólica nos últimos 15 anos.

Apesar de o investimento inicial ser alto, os técnicos concebem novos tipos de geradores conhecidos como turbinas eólicas. Através deles é possível transformar a força dos ventos em energia elétrica.

Desde a antiguidade, o homem aproveitou o vento para mover embarcações a vela ou acionar moinhos para tirar água do solo e outras tarefas. Porém, antes não se falava tanto no aspecto ambiental.

A energia eólica é livre de poluição, não emite gases de efeito estufa nem se torna um rival da produção de alimentos. Os aerogeradores são colocados em áreas abertas onde bate o vento que move as turbinas e faz gerar eletricidade.

Quase cem países utilizam essa fonte de energia. O líder é a China, tanto em número de instalações quanto na potência gerada. Depois aparecem os EUA, Alemanha, Espanha, Índia, França, Itália, Grã-Bretanha, Canadá e Portugal.

No ano passado, por exemplo, a eletricidade produzida dessa maneira na Espanha foi equivalente a 90% do consumo no setor residencial.

Nessa lista, Cuba está no lugar 69, com 11,7 megawatts de potência eólica instalada. Já está em andamento o projeto de construção de um parque desse tipo na província de Las Tunas, capaz de gerar 51 megawatts. Os estudos apontam que o país poderia gerar até 630 megawatts a partir dessa tecnologia.

Os especialistas sugerem combinar essa energia com outras de tipo convencional para reduzir os custos e diversificar a matriz da nação. Hoje, a geração de eletricidade em Cuba depende quase totalmente dos combustíveis fósseis, utilizados em usinas e centrais de geração.

Por isso vale a pena continuar as pesquisas e projetos nessa área em busca do uso eficiente dos ventos levando em conta as características do país: uma ilha comprida e fina situada em meio ao Mar Caribe.

(R. Morejón, 8 de agosto)


 

Editado por Juan Leandro
Comentarios
Deja un comentario
  • Postales de América 23-02-17
  • XVII Cumbre de Paises No Alineados
  • 23 Febrero VII aniversario de la constitución de la Celac
  • Concurso de Periodismo José Martí y Juan Gualberto Gómez
  • 2da Edición del Festival de la Salsa en La Habana
  • Década de los 80: inicia en Cuba programa del médico y la enfermera de la familia
Contador de Visitas

2775924

  • Máximo: 19729
  • Ayer: 4459
  • Hoy: 2637
  • En Línea: 184
  • Total: 2775924